Guitarrista do Biquíni Cavadão destaca festival de rock nacional em Curitiba como um dos principais do país

 Guitarrista do Biquíni Cavadão destaca festival de rock nacional em Curitiba como um dos principais do país

Músico falou sobre álbum da banda que homenageia Herbert Vianna

Consolidado com um dos principais festivais de rock nacional em sua segunda edição, o Prime Rock Brasil contou com as bandas Capital Inicial, Dado Villa Lobos e Marcelo Bonfá tocam Legião Urbana, Biquíni Cavadão, Nenhum de Nós, Skank, Jota Quest e Sideral em Curitiba, no último 07 de dezembro (sábado).

O evento arrastou um grande público para a Pedreira Paulo Leminski e celebrou o rock brasileiro com grupos consagrados das décadas de 1990 e, principalmente, 1980 (era de ouro do rock nacional).

Nos bastidores, conversamos com o guitarrista do Biquíni Cavadão, Carlos Coelho, que revelou suas impressões a respeito do festival, que surgiu na capital paranaense e terá edições em outras capitais.

“Fico feliz de as bandas celebrarem o espaço que têm e não brigar por um espaço. O festival demonstra que o lugar do rock nacional no cenário da música brasileira, que começamos mais firmemente na década de 80, está consolidado. É claro que antes tivemos grandes expoentes como Rita Lee e Raul Seixas, mas foi na década de 80 que o estilo decolou. Temos que celebrar o que conquistamos e não concorrer por espaço. O festival foi incrível. Foi linda a energia do público no nosso show e no do Skank. Pessoal do rock ‘n’ roll não tem que ficar brigando com outros estilos”, afirmou o músico.

O Biquíni esteve em Curitiba para tocar os sucessos que marcaram três décadas de trajetória e divulgar o álbum “Ilustre Guerreiro”, que homenageia o cantor e compositor Herbert Vianna, líder dos Paralamas do Sucesso.

O trabalho inclui sucessos do Paralamas como “Vital e Sua Moto” e “Ska”, além de composições de Herbert para outros estilos como “Se eu não te amasse tanto assim”, gravada pela cantora baiana Ivete Sangalo. “No momento em que temos diversas músicas do Herbert Vianna para escolher é um problema enorme. São músicas maravilhosas. Fechamos um projeto onde queríamos gravar oito músicas e arrumamos uma dificuldade. Nossa intenção era escolher canções que ele fez para os Paralamas do Sucesso, e também, para outros artistas. Para abordar as diversas características do talento do Herbert Vianna”, argumentou.

Vale mencionar que Herbert teve participação significativa na carreira do Biquíni. Foi o cantor dos Paralamas do Sucesso que escolheu o nome da banda. “Herbert que sugeriu o nome ‘Biquíni Cavadão’ entre outros nomes horrorosos, como “Hipopótamos de Kart” e ficamos com este mesmo (risos)”.

Após falar sobre o último álbum que valoriza o talento de Herbert, o guitarrista revelou que o Biquíni Cavadão tem a intenção de gravar um DVD com canções no formato acústico, em 2020.

andremolina